TRANSFORMAR SEM ESPERAR

Olhar para dentro
17 de novembro de 2017

TRANSFORMAR SEM ESPERAR

Muitas vezes temos a esperança de que algo que vem de fora trará para nossas vidas um cenário melhor. Esperamos que o outro mude a forma de se relacionar com a gente. Esperamos reconhecimento daquilo que fazemos ou somos na nossa família, no nosso trabalho, no nosso círculo de amizades e por aí vai.

Neste momento em que encerramos mais um ciclo e nos preparamos para o Ano Novo, a esperança fica mais viva em nossos corações. É comum fazermos planos, promessas e gerarmos expectativas em torno desses compromissos. Se expandirmos o sentido da palavra esperança, ela também poderá ser entendida como esperar, apenas esperar acontecer. Porém, se pensarmos na palavra transformação, constatamos que ela pode ser o resultado de uma ação. E ação implica em tomada de decisão e, toda decisão implica em uma renúncia.

Quando renunciamos a culpar os outros ou as circunstâncias por aquilo que nos acontece, o nosso olhar se volta para dentro de nós. Neste caso, passamos então a nos responsabilizar pelas nossas escolhas, absolvendo o outro dos nossos sofrimentos ou fracassos. Tomamos como exemplo o momento do nosso país: Se vivemos em um país democrático e podemos exercer o direito de voto, o cenário político atual é, nada mais nada menos, do que a consequência das nossas escolhas. Escolhemos de acordo com aquilo que acreditamos ser ou merecer receber. Portanto, se eu mudo as minhas crenças sobre quem sou e onde eu mereço estar, certamente mudarei as minhas escolhas.

Na verdade, não é nada fácil reconhecer que os resultados das nossas vidas são resultados das nossas escolhas, entretanto, começar a perceber isso é a única chance que temos de viver uma transformação, e aí sim, mudar o cenário da nossa vida, do nosso entorno e até do nosso país.

Convido aqueles que ainda não o fizeram, a pensarem para este novo ciclo que está por vir, o seguinte: Quais as mudanças internas que eu preciso fazer para desfrutar de uma vida justa, digna e feliz? O bem-estar e qualidade de vida depende primeiro de nós. Como disse o líder do movimento pela libertação da Índia Mahatma Gandhi, “Seja a mudança que você quer ver no mundo”.

O caminho é longo, mas sabemos que um belo jardim começa a ser cultivado a partir de sementes. Prestemos atenção as sementes que vamos escolher, pois é certo que colheremos aquilo que plantamos. Não importa se todas as sementes vão germinar ou se estaremos aqui para fazermos a colheita. O mais importante é o legado que deixaremos para nossos filhos, netos e para a humanidade.

“Se cada um de nós estiver em paz, o mundo estará em paz. Ser e promover paz é a nossa verdadeira natureza​!”

SEGUEM ALGUMAS SUGESTÕES PARA INICIARMOS UM NOVO CICLO NOS TRANSFORMANDO:

1 – Procure ficar em silêncio focado em você alguns minutos por dia. Desperte o amor por você.

2 – Movimente o seu corpo com práticas que diminuam a agitação mental e a ansiedade, tais como: Caminhar na sua companhia, praticar Yoga, dançar, praticar exercícios chineses como Tai Chi, QI Gong e desenvolver a presença através da meditação. O seu corpo é o seu templo.

3 – ​Procure estar em contato com pessoas que lhe fazem bem e que contribuem para o seu crescimento. Invista no seu autoconhecimento.

4 – ​Faça algo que você ame e busque se conectar com fontes que você acredita estar acima de você. Nutra o seu espírito.

5 – ​Tome banho de natureza o maior número de vezes possível. Visite o mar, mergulhe na cachoeira, explore as trilhas, ande descalço sentindo a energia da mãe terra.

6 – Procure ajudar através de ações sociais levando uma presença amorosa para as pessoas carentes disso.

7 – Esqueça um pouco o celular, os jogos eletrônicos, redes sociais e preste atenção no tempo, pois ele é precioso e passa rápido. Descanse a mente com o ócio criativo. Observe, apenas observe sem muitos desejos e julgamentos. Esvazie o seu coração. Esta ação te ajudará a fazer escolhas a seu favor.

8 – Seja Grato sempre. A gratidão aumenta os níveis de neurotransmissores no cérebro que são responsáveis pela alegria e bem-estar. 9 -​ Seja espontâneo, seja você, seja feliz. O divino se manifesta nos detalhes. Desafio a todos buscarem em 2018 a transformação de “SER” no lugar de “TER”.

FELIZ TRANSFORMAÇÃO PARA TODOS NÓS!

Sonia Passos
Psicóloga Clínica
Coaching
Gestora de programas de qualidade de vida e desenvolvimento pessoal
Diretora do Espaço Jaya no Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *